Seminário Jurídico da NCST

site jurídico


Prezados Companheiros,


O governo federal, que se apoderou, visando “a retomada do crescimento econômico”, tem defendido uma ampla reforma trabalhista e previdenciária. Quando se contrapõem questões do negociado sobre o legislado, abrem-se as portas para a retirada de direitos trabalhistas históricos. Precisamos estar preparados, atentos e atualizados para mais essa batalha que se avizinha. Na busca da integração e atualização dos setores jurídicos das entidades filiadas a NCST/PR, realizaremos em Foz do Iguaçu, no dia 17 de outubro de 2016, o 1º Seminário Jurídico da Nova Central Sindical de Trabalhadores do Estado do Paraná. O evento será realizado no 
Carimã Hotel & Convention (Avenida das Cataratas, 4790), com início às 9 horas.

Para o encontro, estão confirmadas as palestras do Desembargador do TRT 9ª Região, Juiz Cassio Colombo Filho, do Procurador do Ministério Público do Trabalho da Procuradoria da 9ª Região e Vice Coordenador Nacional da CONALIS, Dr. Renan Bernardi Kalil, do Advogado Trabalhista, Assessor de Sindicatos e Federações de Trabalhadores e Professor da Universidade Federal do Paraná - UFPR, Dr. Sandro Lunard Nicoladeli, e do Advogado especializado na área de Direito Coletivo do Trabalho, atuação perante os tribunais regionais e superiores, Ministério Público do Trabalho e Ministério do Trabalho, Dr. André Passos. 

TEMAS POLÊMICOS - Durante todo o dia serão debatidos temas pertinentes ao mundo do trabalho. Alguns permeados de muita polêmica entre trabalhadores e empregadores. Pela manhã, o Juiz Cassio Colombo Filho, irá proferir palestra sobre os desafios e possibilidades do direito processual do trabalho contemporâneo, na sequência o Dr. Sandro Lunardi Nicoladeli falará sobre a importância da assessoria jurídica como ferramenta da ação sindical. Na parte da tarde, as ações parceirizadas entre o sindicalismo e o ministério público do trabalho será o tema da exposição do Dr. Renan Bernardi Kalil, seguida da palestra do Dr. André Passos intitulada Honorários Assistenciais: Controvérsias jurídicas e institucionais. 

O evento é destinado exclusivamente aos DIRIGENTES SINDICAIS  e ao SETOR JURÍDICO das entidas filiadas a NCST.

Programação

Clique aqui para realizar sua inscrição online!

 

Plenária Estadual da NCST

Plenária Estadual 20161


Prezados(as) Companheiros(as), 


Convocamos os membros do Conselho Deliberativo, composto pelos Membros da Diretoria Executiva, pelos Secretários titulares das Secretarias de cada Plano Confederativo e pelos titulares de cada Departamento por segmento profissional e os delegados Representantes das Entidades Sindicais Filiadas, quites com suas obrigações financeiras e sociais, para participarem da PLENÁRIA ESTADUAL DA NCST/PR, a realizar-se nos dias 18 e 19 outubro do corrente, nas dependências do Resort Hotel & Convention Carimã, sito a Av. das Cataratas, KM 10, Foz do Iguaçu/Paraná. 

As entidades filiadas deverão inscrever seus delegados conforme tabela de contribuição.

Programação 

Clique aqui para realizar sua inscrição online

Última atualização ( Seg, 26 de Setembro de 2016 14:02 )
 

Proposta de enfraquecimento do Movimento Sindical é denunciada pela Nova Central

Na manhã de terça-feira (30/8), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), recebeu, em seu gabinete, representantes da Nova Central, Força Sindical, UGT, e CSB – para falar sobre a Pauta Trabalhista. José Calixto Ramos (Sr. Calixto), presidente Nacional da Nova Central, denunciou que parece existir um “complô” de deputados que visam enfraquecer os sindicatos no país para facilitar a “Reforma Trabalhista”, tanto almejada pelos patrões.


“Muito me estranha e nos preocupa a postura do Deputado Federal Ricardo Izar (PP-SP), que após ampla discussão com os atores interessados e aprovação do relatório elaborado pela Comissão Especial de Estudo sobre o Custeio Sindical, que visa não só definir fonte de custeio sindical, e sim aperfeiçoar a estrutura sindical brasileira, ele colhe assinatura de 203 deputados para instruir oficialmente a Frente Parlamentar Mista pelo Fim da Contribuição Sindical Obrigatória. Implicitamente os objetivos desta ação é nos enfraquecer e facilitar a vida dos empresários”, disse Sr. Calixto.


Que em sua opinião, todos os Projetos de Leis que tramitam no Congresso Nacional que versa sobre o mundo do trabalho estão carregados de “maldades” e com foco em subtrair e acabar com direitos trabalhistas. Reafirmou para o deputado a posição da central na luta pela manutenção dos direitos conquistados pelos trabalhadores (as); contra a Reforma da Previdência; a não prevalência do Negociado sob o Legislado; contra a Terceirização geral e irrestrita e outras pautas prejudiciais a classe trabalhadora.


A impressão que Maia passou, segundo o presidente Calixto, é de que ele tem simpatia às propostas que possam alterar alguns artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) ao dizer que a Justiça do Trabalho “carece de mudanças estruturais” e, que por enquanto, a Reforma Trabalhista não será debatida na Câmara dos Deputados que “priorizará” as discussões na Reforma da Previdência.


“Consideramos que essa e outras pautas são retrógradas. O defensor da proposta que submete direitos conquistados e garantidos na CLT ao processo de negociação direta entre os representantes dos empregadores e dos empregados via os sindicatos de origem, na verdade, almejam fortalecer cada vez o poder de barganha das empresas, que se utilizam da crise econômica e instabilidade política, para impor mais sacrifícios aos trabalhadores (as) brasileiros”, comenta Moacyr Roberto Tesch Auersvald, secretário Geral Nacional da Nova Central.


Ele garantiu que neste momento político, econômico e social que passa o País, a unidade e o compromisso na luta em favor da manutenção e ampliação de direitos trabalhistas, previdenciários e sociais, em favor de igualdade de direitos entre homens e mulheres e por políticas públicas que recriem mais e melhores empregos, é o caminho a ser percorrido por todos que sonha com uma nação soberana.

 

Centrais sindicais se reúnem em Curitiba por direitos trabalhistas

As centrais realizaram nesta terça-feira (16) um ato em prol dos direitos trabalhistas e em defesa do emprego. A concentração ocorreu na "Praça da Democracia" (Santos Andrade), no Centro de Curitiba.

A mobilização está ligada ao Dia Nacional de Luta em Defesa do Emprego e dos Direitos Trabalhistas e ocorreu em diferentes cidades do Brasil.

A centrais que participaram do ato em Curitiba foram NCST - Nova Central, Força Sindical, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central Sindical e Popular Conlutas (CSP- Conlutas), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

Mais fotos em: https://www.facebook.com/denilson.dacosta/photos_all

 

Falece ícone da defesa de trabalhadores e das liberdades democráticas no Brasil

ncst pr 20 07 07 021


É  com muita tristeza que comunicamos o falecimento, nesta terça-feira (9), do advogado trabalhista e jornalista paranaense 
Edésio Franco Passos, ícone da defesa de trabalhadores e das liberdades democráticas no Brasil. Edésio exercia o cargo de diretor-administrativo da Itaipu Binacional e por mais de 50 anos exerceu advocacia nos estados do Paraná e de Santa Catarina. Vinha combatendo no último ano especialmente problemas de saúde e faleceu, no dia de hoje, em Florianópolis-SC, em decorrência de parada cardíaca, aos 77 anos de idade.


SERVIÇO:

O velório de Edésio Passos acontecerá nesta quarta-feira (10/08), das 8h às 15h, na Sala Esmeralda da Capela Vaticano (Rua Desembargador Hugo Simas, 26), em Curitiba-PR.

Estacionamento conveniado “Tia Anastácia” (na mesma rua).

 

FILIE-SE

reducao-jornada-ncst2

carteira-assinada-ncst

logotvncst

Quem está online?

Nós temos 157 visitantes online

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede