Presidente da Nova Central participa da reunião da diretoria e do conselho de representantes da Contricom em Manaus/AM

20150610 110606

Representando a Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário do Estado do Paraná - FETRACONSPAR e seus sindicatos filiados, o presidente da Nova Central Central Sindical de Trabalhadores do Estado do Paraná, Denílson Pestana da Costa (Secretário para educação, cultura e lazer da CONTRICOM), juntamente com os companheiros Reinaldim Barboza Pereira (Secretário Geral-Adjunto da CONTRICOM), Ademir Dias e Carlos Roberto da Cunha (Membros do Conselho de Representantes da CONTRICOM), participa nesta quarta-feira (10), da reunião da diretoria e do Conselho de Representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria da Construção e do Mobiliário em Manaus/AM.

20150610 11061720150610 110626

 

Nosso respeito ao professorado do Paraná

Terminou nesta terça-feira (09) a greve dos professores da rede estadual de ensino, paralisação iniciada no dia 27 de abril último. Foram 43 dias de intensa mobilização, muitas manipulações de informações por parte do governo estadual e serenidade da parte dos grevistas.

Manifestamos, desde o princípio, nosso total e irrestrito apoio a estes profissionais que dedicam a vida ao estudo e ao compromisso com o ensino. Estivemos no Centro Cívico no dia 29 de abril, quando o governador mandou a PM massacrar os grevistas.

alep1

Por isso, neste momento, manifestamos nossa consideração aos professores que enfrentaram o frio, a violência policial, o descaso do governador e a subserviência dos deputados que compõem a base de apoio do governo na Assembleia Legislativa.

Trabalhador nenhum gosta de fazer greve. Sei disso, pois milito no sindicalismo há décadas. E os professores paranaenses, tenho certeza, não são diferentes. Quem escolhe o magistério como profissão gosta de dar aulas. Não de fazer greve.

Há quem considere insuficiente a proposta encaminhada aos grevistas - reposição de 3,45% da inflação acumulada entre maio e dezembro de 2014, a ser paga em parcela única em outubro deste ano. Mais um programa de reajustes até 2018.

Pode ser que não seja a proposta ideal, mas é a que se conseguiu construir nas negociações ocorridas durante a greve. Neste caso, deve-se levar em conta o cenário em que tais tratativas ocorreram, a conjuntura econômica estadual e nacional.

Desta forma, consideramos que os professores, como bem frisou o presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Silva Leão, saem da paralisação de cabeça erguida e com ânimo renovado para seguir na luta.

Luta que, diga-se, não é apenas salarial. É a luta pela melhoria da qualidade do ensino oferecido aos filhos do Paraná. Seguiremos ao lado dos professores, que nos ensinam a ler, escrever e calcular e muito contribuem com nossa formação de cidadãos.

professoresalep

 

Nova Central na 104ª Conferência Internacional do Trabalho da OIT em Genebra

11295539_917906361607402_8783578014074819908_n.jpg

Hoje (01/06) foi dado inicio a 104ª Conferência da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Palácio das Nações Unidas (ONU) em Genebra, na Suíça. 

O Diretor de Organização Sindical da NCST e presidente da Fetraconspar, Geraldo Ramthun,  participa do evento até dia 13 de junho, quando serão encerrados os trabalhos das comissões e plenárias. Este ano Ramthun participa da comissão sobre Pequenas e Médias Empresas e a Criação de Empregos.

Leia mais...
 

3° Congresso dos Técnicos em Meio Ambiente



Neste sábado (30), o presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores do Estado do Paraná, Denílson Pestana da Costa, esteve participando do 3° Congresso do Sindittema - Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras, Técnicos em Meio Ambiente do Estado do Paraná.
 

O evento foi realizado no Auditório Unopar EAD, Londrina Shopping Norte e contou com palestras e de debates na área ambiental, tais como: Mudanças Climáticas no Paraná - O que profissionais da área ambiental precisam saber (Luiz Eduardo Cheida); Licenciamento Ambiental / Plano de Resíduos Sólidos (Daniela Santos); Licenciamento de Produtos Perigosos (André Moreira de Aguiar); Licenciamento e Análise de Produtos Químicos (Eliesley Alves Gorriz); Desenvolvimento Sustentável pelas Bacias Hidrográficas do Paraná (João Batista Moreira Souza); A importância do Movimento Sindical no Brasil, filiação e associação (Denílson Pestana da Costa).

 

 

Centrais Sindicais protestam contra terceirização, MPS 664, 665 e por mais democracia no Paraná

Cerca de 10 mil trabalhadores protestaram nesta sexta-feira (29) no centro de Curitiba contra o projeto PLC 30/2015 (antigo PL 4330), que amplia a terceirização, e contra as medidas provisórias 664 e 665, que limitam direitos trabalhistas. Além disso, os manifestantes também exigiram mais democracia no Paraná já que hoje faz exatamente um mês da “batalha do Centro Cívico”, quando mais de 200 pessoas, entre professores e servidores, foram feridas pela polícia militar, durante manifestação contra o projeto estadual da previdência, no último dia 29 de abril. O Dia Nacional de Lutas foi convocado pelas Centrais Sindicais (NCST, CUT, Força Sindical e CTB) e movimentos sociais.

Com bandeiras do Paraná, cartazes de faixas contra a terceirização e com gritos de “Fora Beto Richa”, os trabalhadores caminharam da praça 19 de Dezembro até o Palácio Iguaçu, sede do governo estadual. Ao chegar lá foi realizado um ato de apoio à luta dos professores por melhores salários, condições de trabalho e contra violência. Em frente da Assembleia Legislativa, os manifestantes estenderam faixas e marcaram com tinta vermelha as fotos dos deputados que, no começo de abril, votaram a favor do projeto do governo que altera e coloca em risco o futuro da previdência dos servidores.

 

 

 

logotvncst

FILIE-SE

reducao-jornada-ncst2

carteira-assinada-ncst

Quem está online?

Nós temos 1429 visitantes online

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede