Click on the slide!

Plenária Estadual NCST/PR - 2014

NOTÍCIAS >> Ultimas Notícias

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO Mais...

Click on the slide!

Posse da nova diretoria da NCST/PR

NOTÍCIAS >> Notícias NCST/PR

Tomou posse na manhã desta segunda-feira (02), a nova diretoria da Nova…

Mais...
Click on the slide!

Marcha das Centrais reúne cerca de 50 mil trabalhadores na capital paulista

NOTÍCIAS >> Notícias NCST/PR

A capital paulista vivenciou, nesta quarta-feira (9),…

Mais...
Click on the slide!

Greve em hotéis, restaurantes e similares de Curitiba

NOTÍCIAS >> Notícias NCST/PR

Uma assembleia com a participação de mais de 20% dos trabalhadores…

Mais...
Click on the slide!

Trabalhadores vão as ruas contra a terceirização

NOTÍCIAS >> Notícias NCST/PR

As centrais sindicais realizaram na manhã desta terça-feira (06) mobilização unificada contra o Projeto de…

Mais...
Click on the slide!

Chapa "União e Luta" vence eleição do SISMUF com 93% de aprovação dos votos coletados

NOTÍCIAS >> Notícias NCST/PR

Nessa quinta-feira (05) chegou ao fim o processo…

Mais...
Click on the slide!

Posse aos membros do Comitê Gestor do Trabalho Decente

NOTÍCIAS >> Notícias NCST/PR

  O governador Beto Richa deu posse nesta terça-feira (19/03), em solenidade no Palácio Iguaçu, aos membros do…

Mais...
Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks

Centrais definem data para próxima manifestação

As Centrais Sindicais se reuniram na manhã desta quarta-feira (07) na sede do Sindtext em Curitiba para definirem detalhes da próxima paralisação geral dos trabalhadores no estado marcada para o dia 30 de agosto. 

Além do presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores do Estado do Paraná, Denílson Pestana da Costa, estiveram presentes na reunião representantes da Força Sindical, CUT, CSP - Conlutas, e CSB. 

A Próxima reunião das Centrais está marcada para o dia 20 às 10 horas na sede da CSB para definição dos últimos detalhes do evento.

Última atualização ( Qua, 07 de Agosto de 2013 15:19 )
 

Trabalhadores vão as ruas contra a terceirização

As centrais sindicais realizaram na manhã desta terça-feira (06) mobilização unificada contra o Projeto de Lei 4330, do deputado Sandro Mabel, que escancara as terceirizações no serviço público e privado.

A concentração foi realizada às 11h30 na Rua XV de Novembro, na frente da Associação Comercial do Paraná, onde seguiram em passeata até a boca maldita. 

O projeto - O modelo de contratação terceirizada deveria servir, exclusivamente, para suprir necessidades específicas e complementares das empresas. Contudo, pela possibilidade de driblar os direitos trabalhistas, esta forma de contratação está sendo cada vez mais utilizada pelo setor privado. 

O deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO) apresentou, em 2004, o projeto de lei 4.330 que regulamenta estas terceirizações e precariza as relações de trabalho. Caso seja aprovado, o PL permitirá a contratação de trabalhadores neste sistema em todas as atividades, inclusive na fim, a principal da empresa, que poderá funcionar sem nenhum contratado e direito. Além de fragilizar a organização e a representação sindical, este modelo colocar um fim nos direitos trabalhistas conquistados ao longo das últimas décadas.


Última atualização ( Qua, 07 de Agosto de 2013 15:00 )
 

Nova Central e CTB rompe com a mesa quadripartite sobre terceirização

Nova Central e CTB contra a terceirização 

Impasse irreversível na negociação coloca em lados opostos Trabalhadores e a proposta consolidada do governo, patrões e relator, Deputado Arthur Maia, que apresentou substitutivo ao PL 4330 do Deputado Sandro Mabel, acerca da regulamentação do processo de terceirização, que:

  1. A.Torna lícito todo contrato de prestação de serviço terceirizado;
  2. B.Acaba com a atividade fim, podendo, assim, terceirizar qualquer atividade;
  3. C.Permite a subcontratação de empresas (quarteirização...);
  4. D.Acaba com a responsabilidade solidária da empresa contratante, dentre outros.

Assim, na tarde de hoje (05/08/2013), durante reunião das centrais, a Nova Central e a CTB, manifestaram-se radicalmente contrárias às posições apresentadas, haja vista a ameaça de um acordo totalmente lesivo às classes trabalhadoras.

Diante dessa ameaça, os representantes da Nova Central e da CTB comunicaram a saída da negociação nos termos apresentados.   

Última atualização ( Ter, 06 de Agosto de 2013 14:30 )
 

Nova Central na 1ª Conferência de Meio Ambiente Macrorregional de Ponta Grossa

2013-08-01 19.17.43No dia 01/08 (quinta-feira) aconteceu em Ponta Grossa a 1ª Conferência Macrorregional do Meio Ambiente.


O evento contou com a participação de vários municípios do Paraná, onde cada um levou propostas retiradas da 1ª Conferência Municipal do Meio Ambiente (etapa anterior à Macrorregional) que ocorreu em 12/07.

 

Para a fase estadual que acontecerá em Foz do Iguaçu, foram eleitos 70 delegados divididos entre Poder Público, Setor Empresarial e Sociedade Civil. Campo Largo elegeu 10 delegados, sendo dois deles, os representantes do movimento sindical de trabalhadores Ermínio Santana, diretor do SINDIPISO (direita na foto) e Sergio Domingos, diretor do SINDIMOVEC (esquerda na foto), todos filiados à NCST.

 

 

Além disso, a companheira Daiane Campos (no centro da foto), Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Telêmaco Borba (entidade filiada a NCST) também garantiu uma vaga para representar seu município, bem como os trabalhadores. 

 

Centrais programam manifestação contra o projeto de lei das terceirizações no dia 6 de agosto

Ato será na Rua XV de novembro para protestar contra PL 4330 do deputado Sandro Mabel.

As centrais sindicais definiram nesta quarta-feira (31) os detalhes finais da mobilização do dia 06 de agosto contra o Projeto de Lei 4330, do deputado Sandro Mabel, que escancara as terceirizações no serviço público e privado. Em Curitiba, a manifestação será realizada às 11h30 na Rua XV de Novembro, na frente da Associação Comercial do Paraná. 

O projeto - O modelo de contratação terceirizada deveria servir, exclusivamente, para suprir necessidades específicas e complementares das empresas. Contudo, pela possibilidade de driblar os direitos trabalhistas, esta forma de contratação está sendo cada vez mais utilizada pelo setor privado. 

O deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO) apresentou, em 2004, o projeto de lei 4.330 que regulamenta estas terceirizações e precariza as relações de trabalho. Caso seja aprovado, o PL permitirá a contratação de trabalhadores neste sistema em todas as atividades, inclusive na fim, a principal da empresa, que poderá funcionar sem nenhum contratado e direito. Além de fragilizar a organização e a representação sindical, este modelo colocar um fim nos direitos trabalhistas conquistados ao longo das últimas décadas. 

Os detalhes da manifestação foram definidos em reunião na Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB). Além da NCST, representantes da Força Sindical, CUT, CTB, CSB e CSP garantiram a sua presença no evento.

Última atualização ( Qua, 07 de Agosto de 2013 15:02 )
 

logotvncst

FILIE-SE

reducao-jornada-ncst2

carteira-assinada-ncst

Quem está online?

Nós temos 305 visitantes online

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede