Efeito coronavírus: mais de 80 países já pediram ajuda ao FMI

O FMI pretende oferecer empréstimos de até US$ 1 trilhão.

247 – Quase 80 países pediram financiamento de emergência ao Fundo Monetário Internacional, com sede em Washington, disse a diretora-gerente Kristalina Georgieva em comunicado nesta segunda-feira, após uma teleconferência do grupo de 20 ministros de finanças e banqueiros centrais. Georgieva disse que o fundo apóia fortemente ações fiscais extraordinárias já tomadas por muitos países e congratula-se com os movimentos dos principais bancos centrais para facilitar a política monetária, aponta reportagem da Bloomberg.

"Esses esforços ousados ​​não são apenas do interesse de cada país, mas da economia global como um todo", disse ela no comunicado. "Ainda será necessário mais, especialmente na frente fiscal."

A declaração seguiu as autoridades do G-20 convocando uma ligação de emergência na segunda-feira para discutir as consequências econômicas globais da pandemia e trabalhar em direção a uma resposta conjunta. 

O FMI disse que está trabalhando em estreita colaboração com outras instituições financeiras internacionais para fornecer uma forte resposta coordenada e reiterou que está pronto para implantar toda a sua capacidade de empréstimo de US$ 1 trilhão.

 

Brasil 247

 

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede