EUA são novo epicentro da pandemia da Covid-19

Na tarde desta quinta-feira, os EUA registravam 81.896 casos. A China, 81.285.

Pandemia se espalhou pelos continentes

Começou a explosão da Covid-19 nos Estados Unidos. Os números oficiais da Organização Mundial de Saúde (OMS) ainda não saíram, mas, na tarde desta quinta-feira (26), sites de monitoramento em tempo real da Covid-19 mostram que os Estados Unidos são hoje o país mais afetado pela pandemia, passando a Itália e a China.

 

Na tarde desta quinta-feira, os EUA, segundo o Worldometer, que faz estatística em tempo real, registravam 81.896 casos. A China, 81.285. A Itália está em terceiro lugar, com 80.589. O site da Universidade Johns Hopkins mostrou o mesmo crescimento dos EUA logo em seguida.

O aumento explosivo do número de casos era esperado por dois motivos. Primeiro, porque os EUA, com grande atraso, finalmente começaram a testagem em massa. Mas não é só. A situação dos EUA preocupa mais porque o país, diferentemente de China e Itália, tem vários focos importantes de dispersão do novo coronavírus.

 

Fonte: O Globo


 

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede