“O livro das suspeições” denuncia parcialidade de Moro e força-tarefa da Lava Jato

Operação Lava Jato

Obra é lançamento do Grupo Prerrogativas.  

O grupo Prerrogativas lançou no último sábado, 1º/8, “O livro das suspeições”, obra de fôlego com artigos originais de juristas e advogados que atuaram na Lava Jato.

O Livro das Suspeições

O Livro das Suspeições

Coordenada por Lenio Streck e Marco Aurélio de Carvalho, a publicação conta, entre os autores, com grandes nomes do Direito Penal brasileiro, como Alberto Toron, Antônio Carlos de Almeida Castro (Kakay), Carol Proner, Dora Cavalcanti, Fábio Tofic Simantob e Roberto Podval.

Os autores examinam os detalhes da operação e mostram como, em vários momentos, o então juiz Sergio Moro e os procuradores da força-tarefa assumiram uma postura parcial ou faltaram com a isenção.

O livro busca levar a história dos bastidores da Lava Jato para além da comunidade jurídica, apontado os fatos que estiveram por trás de uma operação que alterou profundamente os rumos da política brasileira.

[Baixe aqui a íntegra da obra]

 

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede