Com fim de auxílios, governo pode antecipar 13º do INSS e abono salarial

E-mail Imprimir PDF

Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informou que não comenta estudos em andamento


Por Edna Simão, Valor - Brasília

O governo estuda antecipar o pagamento do 13º salário do Instinto Nacional do Seguro Social (INSS) e do abono salarial para ajudar a minimizar o fim do auxílio emergencial, porém, ainda não bateu o martelo sobre o assunto, segundo técnico da área econômica ouvido pelo Valor.

De acordo com essa fonte, a antecipação do 13º do INSS não seria dificuldade. O problema, no entanto, é o abono salarial. Neste caso, é necessário os dados da Rais (Relação Anual de Informações Sociais) de 2020, que tem como ano base 2020, para identificar os beneficiários. Normalmente, a divulgação dos dados consolidados acontece em abril.

Procurada, a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informou que não comenta estudos em andamento.


Fonte: Valor Investe
https://valorinveste.globo.com/mercados/brasil-e-politica/noticia/2021/01/12/com-fim-de-auxilios-governo-pode-antecipar-13o-do-inss-e-abono-salarial.ghtml

 

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede