Qual será o novo teto INSS em 2021 e de quanto será o reajuste da aposentadoria?

E-mail Imprimir PDF

Teto do INSS vai para R$ 6.433,57 com reajuste de 5,45% para quem ganha acima do mínimo

Por Isabel Filgueiras, Valor Investe - São Paulo

Cerca de 70% dos beneficiários da Previdência recebem um salário mínimo. Para eles, o novo valor do benefício será de R$ 1.100, seguindo a definição do salário mínimo de 2021. Essa maioria terá um reajuste de 5,26% em relação aos R$ 1.045 do mínimo de 2020.

Para os que ganham acima do piso da Previdência, nem que sejam apenas alguns reais, o reajuste segue o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que ficou em 5,45% em 2020, segundo cálculo do IBGE.

Dessa forma, aqueles que ganham menos sequer terão aumento real (acima da inflação). Enquanto os que ganham mais receberão um reajuste um pouco melhor. O INPC também é usado para reajustar o teto do INSS, que agora passa deve ser de R$ 6.433,57.Todos os anos definição de reajuste do salário mínimo parte do governo, por meio de análises de caixa e da inflação no país. E é o salário mínimo que define de quanto será o reajuste daqueles quem ganham o piso do INSS. O piso nacional passa a valer no começo de cada ano por meio de Medida Provisória, mas deve passar também por aprovação do Congresso.

"Vem sendo aplicado esse tipo de reajuste ao salário mínimo desde 2019. Nos governos anteriores, eles tinham o aumento real, isso fazia com que o salário mínimo subisse muito. Esse aumento era positivo para os aposentados, mas negativo na economia do sistema do Brasil, pois criava um déficit para que a Previdência pagasse para grande parcela dos aposentados", afirma Rodolfo Ramer, especialista em direito previdenciário.

Se comparado à inflação IPCA, que encerrou 2020 a 4,52%, os dois grupos terão ganhos reais, acima da inflação.

Entretanto, o INPC mede justamente a inflação das camadas mais baixas, que dependem do INSS. Com o reajuste abaixo do índice, na prática, os aposentados que ganham o piso perdem poder de compra.

É como se passassem a ganhar menos de um ano para o outro mesmo com o aumento.

Também sobe o valor de benefícios indexados ao salário mínimo, como Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Quem ganha acima do piso também não terá aumento real, vai apenas ficar no zero a zero, sem perder poder de compra.

 

Fonte: Valor Investe
https://valorinveste.globo.com/objetivo/aposentadoria/noticia/2021/01/12/inss-2021-veja-novo-teto-e-de-quanto-sera-reajuste.ghtml

 

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede